Agrishow faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

shutterstock_1421749949.jpg

É seguro usar smartphones como parte da agricultura digital?

Já faz certo tempo que a agricultura digital faz parte do dia a dia de muitas atividades rurais. Essa tecnologia inclui softwares e dispositivos que coletam, analisam e armazenam dados sobre a lavoura para viabilizar a automação e dar suporte para decisões estratégicas.

Dúvida do leitor Amilton Gurgel Guerra

Já faz certo tempo que a agricultura digital faz parte do dia a dia de muitas atividades rurais. Essa tecnologia inclui softwares e dispositivos que coletam, analisam e armazenam dados sobre a lavoura para viabilizar a automação e dar suporte para decisões estratégicas.

Neste contexto de agricultura digital, os dispositivos móveis (geralmente smartphones) também são parte integrante e indispensável nas vidas de produtores rural. Porém, essa popularização tende a atrair o interesse de hackers criminosos, ansiosos por roubar suas informações vitais.

Diante disso, muitos produtores rurais, principalmente aqueles mais conservadores, têm muito receio de instalar em seus smartphones os aplicativos que são parte integrante da agricultura digital.

Será que é seguro?”, “e se roubarem meus dados?”. Estes são alguns dos questionamentos mais comuns destes produtores.

Para ter uma melhor resposta, conversamos com Raphael Ivan - Ceo da eAgro – Software de Gestão agrícola. Más já podemos adiantar que o uso de tais aplicativos é totalmente seguro!

É totalmente seguro usar a agricultura digital em smartphones: Veja o porquê!

Ivan é categórico em dizer que é totalmente seguro usar as tecnologias ligadas à agricultura digital em smartphones. Segundo ele, a comunicação entre o aplicativo e o servidor são todas criptografadas, além de serem feitas através da nuvem, o que deixa as informações bastante seguras.

O usuário não tem nada salvo no celular, já que os dados ficam hospedados online (na nuvem), sendo que o aplicativo passa mensagens criptografadas para o servidor, que por sua vez, responde o que foi solicitado também de forma criptografada, sem necessidade de armazenamento das informações em si”, explica o CEO da eAgro.

Mas é claro que esse grau de segurança será devidamente alcançado se for utilizado um aplicativo bem construído e que seja baseado na máxima segurança. Também deve ser oferecido por uma empresa especializada em agricultura digital.

Dicas para se precaver e aumentar a segurança no uso de smartphones

Ivan ressalta que, assim como ocorre com os demais aplicativos instalados no smartphone, para ter mínima segurança no uso de um aplicativo ligado à agricultura digital é necessário que algumas ações básicas sejam sempre feitas.

Entre as ações básicas cito: sair do aplicativo após o uso e não compartilhar sua senha pessoal. Tais ações garantem que nenhuma pessoa tenha acesso à suas informações”, diz Ivan.

Além disso, o CEO da eAgro recomenda que o usuário somente instale aplicativos através de lojas virtuais certificadas (como Apple Store e Play Store). “Nestas lojas, a segurança é um pouco maior”, diz.

Também é necessário ficar sempre atento à procedência e segurança de páginas acessadas pelo smartphone e, principalmente, evitar baixar arquivos que sejam de fontes desconhecidas e/ou duvidosas.

O CEO da eAgro explica ainda que os demais processos de responsabilidade e segurança de transição de dados e informação ficam por conta da empresa prestadora do serviço de agricultura digital e tecnologias a ela ligadas.

A eAgro, por exemplo, tem total responsabilidade sobre a segurança dos dados de seus clientes”, complementa Ivan.

Como as empresas e startups do agro garantem essa segurança?

Como já ressaltado anteriormente pelo CEO da eAgro as empresas e startups tem a obrigação de garantir a segurança dos dados ligados às tecnologias de agricultura digital.

Ivan explica que as empresas e startups garantem essa segurança aplicando camadas de segurança e criptografia, sendo que além da camada de segurança de login e autenticação, o sistema precisa reconhecer que um aplicativo instalado no celular pertence à determinada pessoa, com ela devendo confirmar isso.

Além do mais, Ivan diz que o sistema faz todas as trocas de informações com o servidor de maneira criptografada.

Mesmo que haja a invasão ou monitoramento das mensagens transmitidas, não há possibilidade de elas serem descriptografadas, pois a chave de segurança, que faz a leitura e possibilita o acesso aos dados, está no servidor e no aparelho celular”.

Diante de todas essas medidas de segurança, fica claro que não há necessidade de o usuário ter medo ou receio sobre o uso destes aplicativos em seu smartphone.

Eles são totalmente seguros e contribuem de forma significativa com toda a gestão da propriedade agrícola, ajudando a elevar a produtividade/lucratividade da atividade.

Saiba mais sobre agriculutra de precisão baixando nosso material exclusivo e gratuito!

Registre-se para fazer download desse recurso

Registrar-se como membro da Agrishow lhe dá acesso a conteúdo premium incluindo webinars, whitepapers e muito mais.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar