Agrishow faz parte da divisão divisionName da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Quais técnicas utilizar para deixar o solo mais produtivo

Quais técnicas utilizar para deixar o solo mais produtivo?

Um solo produtivo é o recurso mais importante para qualquer atividade realizada no campo. Toda lavoura precisa dele para crescer e se desenvolver, bem como a pecuária para produção de forragem que será oferecida ao gado de diversas formas.

No entanto, há ocorrências na qual a falta ou a insuficiência de alguns nutrientes debilitam e atrasam o desenvolvimento das plantas, que por consequência, passam a apresentar sintomas de deficiência nutricional.

Para que isso não ocorra é imprescindível que todo agricultor demande cuidados especiais com a qualidade, mantendo o solo produtivo em sua propriedade, sempre nos padrões nutricionais exigidos pelas plantas.

 

Características que diminuem a eficiência de solos

 

Com o tempo, em decorrência do manejo incorreto, a tendência é que o vigor dos solos decaia consideravelmente e eles se tornem menos produtivos. É o que chamamos de degradação do solo. Varias são as características que podem ocasionar essa degradação com consequente diminuição na sua qualidade.

Primeiramente, o solo pode sofrer degradação através de fatores de ordem química com perda de nutrientes, acidificação e salinização. Há também a degradação por ocorrências físicas, como a perda de estrutura e diminuição de permeabilidade decorrentes de erosões e compactação do solo.

Por fim, há o processo de degradação de ordem biológica, que pode ocorrer por uso indiscriminado de agroquímicos e poluentes.

Visto tudo isso, você sabe como manter o solo produtivo em sua propriedade?

 

Aumentando a produtividade dos solos

 

A qualidade do solo, historicamente tem sido relacionada à produtividade. Em muitos casos, qualidade e produtividade são quase que sinônimos. Portanto, para deixar o solo produtivo, é obrigatório melhorar a sua qualidade.

Mas como fazer isso?

Alexandrius de Moraes Barbosa, docente do curso de Agronomia da Unoeste de Presidente Prudente–SP, cita que várias são as técnicas agronômicas que compõe sistemas de produção que visam tornar o solo produtivo.

Segundo o Agrônomo, os sistemas mais utilizados no Brasil são o Sistema de Plantio Direto (SPD), Sistema de Semeadura Direta (SSD) e a Integração Lavoura-Pecuária (ILP). O profissional complementa que “os três sistemas possuem algumas diferenças entre si, no entanto, todos podem deixar o solo mais produtivo”.

Dentro destes sistemas, diversas técnicas podem ser aplicadas em conjunto para melhorar as propriedades físicas, químicas e biológicas do solo. Em relação às propriedades físicas, Alexandrius cita que elas são responsáveis por estruturar o solo, promovendo a formação de macroagregados, que por sua vez aumentam a infiltração de água no solo, além de melhorar o desenvolvimento radicular e a resistência às forças de compactação, reduzindo significativamente os efeitos da erosão.

Quanto a parte química, técnicas como rotação de culturas e manejo da palhada do solo aumentarão a fertilidade, principalmente nas camadas mais superficiais, sendo que o aumento da fertilidade do solo está relacionado a ciclagem de nutrientes realizado por algumas espécies forrageiras, bem como, pelo aumento do teor de matéria orgânica do solo proporcionado pela presença de palha, ocasionando em aumento na CTC (capacidade de troca de cátions).

Por fim, o agrônomo cita que devido a cobertura do solo, haverá redução na temperatura e a conservação da umidade, promovendo um aumento significativo na qualidade biológica, tanto em relação a quantidade de microrganismos, com também a diversidade e atividade, que por sua vez, tende a deixar o solo produtivo.

 

Quanto tempo leva pra conseguir um solo produtivo?

 

A recuperação do solo e a construção da fertilidade não acontecerão do dia pra noite, isso é fato!

A recuperação pode levar vários anos”, é o que diz o agrônomo, que dá um exemplo: dependendo do tipo de solo e do manejo adotado, para se aumentar 1% da matéria orgânica, pode-se levar de sete a dez anos.

Dessa forma, para buscar aumento do potencial produtivo do solo deve-se fazer um planejamento a longo prazo, que vai desde a escolha do sistema de produção ideal para a região, bem como, uma correta instalação do sistema de produção, que possa dar suporte para os demais manejos utilizados ao longo dos anos.

 

Solo de qualidade: do que vou precisar?

 

Engana-se quem acha que para conseguir solos produtivos, somente uma técnica será necessária. Alexandrius alerta que “o aumento da produtividade não se dá somente com o uso de uma técnica agronômica, e sim, através do uso de diversas técnicas que formam todo o sistema de produção”.

O professor explica: Para a correção química do solo, no momento da instalação do sistema de manejo é recomendado que se faça calagem, gessagem e fosfatagem. Essa correção de formação é essencial e funcionará como uma base para implantação do sistema de produção.

Alexandrius alerta que “ao longo dos anos, se não for realizada a correção de manutenção do solo, a sua fertilidade tende a reduzir a tal ponto de ser novamente necessário a reimplantação do sistema”.

 

Maquinários: essenciais para a recuperação do solo

 

O uso de maquinário também é de extrema importância na busca de um solo produtivo. Assim, faz-se necessário que o agricultor possua máquinas e implementos que atendam a necessidade dos sistemas.

Máquinas que realizem a semeadura sobre a palhada, como também, máquinas que reduzam a compactação do solo com o mínimo revolvimento possível, que é o caso dos escarificadores, que podem ser utilizados nos sistemas de cultivo mínimo e/ou preparo reduzido do solo, de modo a controlar a compactação superficial do solo.

Você tem problemas com a qualidade e a produtividade do solo? Esperamos que este conteúdo tenha ajudado você! Compartilhe com seus amigos!

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar