Agrishow faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Colheita da cana e produção de açúcar reduzem emissão de poluentes e têm crescimento

Colheita da cana e produção de açúcar reduzem emissão de poluentes e têm crescimento

Mais de 90% da colheita da cana-de-açúcar da safra 2015/2016 no Estado de São Paulo foi realizada sem utilização de fogo, mas por meios mecanizados.  Além disso, houve queda de 33% no gasto médio de água durante processamento industrial da cana nos últimos cinco anos. Os dados foram divulgados pela Secretária do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, Patrícia Iglecias, durante a Agrishow 2016. Estima-se ainda que com essas ações, mais de 8,5 milhões de toneladas de gases de efeito estufa deixaram de emitidas pelo Estado.

Outro dado otimista é a expectativa de aumento em 12% da produção de açúcar alcançando 35 milhões de toneladas na safra 2016/ 2017- mesmo que o fechamento de usinas, nos últimos cinco anos, tenha reduzido em 1,5 milhão de toneladas na capacidade produtiva. Além disso, análise da Única (União da Indústria de Cana-de-Açúcar) indica que a moagem de cana no centro-sul brasileiro pode variar entre 605 e 630 milhões de toneladas. A definição exata, porém, depende de condições agronômicas e operacionais vigentes nos próximos 12 meses.

Esse volume representa um acréscimo de até 2% comparado as 617,65 milhões de toneladas processadas na última temporada, encerrada no último 31 de março. Segundo o diretor técnico da Única, Antonio de Pádua Rodrigues, os cenários diferentes para a safra 2016/2017 indicam possibilidade de avanço na produção de açúcar sem comprometer a oferta recorde de etanol observada no último ano.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar