• Agrishow Digital is part of the Informa Markets Division of Informa PLC

    This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Culturas

Como prever resultados da cana por meio do cultivo simulado?

Vários são os fatores que influenciam na expansão e na produtividade da cana, tais como os efeitos da variabilidade climática, tipo de genótipo, características do solo e manejo. Dessa forma, para apoiar a tomada de decisão faz-se a necessidade de ter uma visão mais heurística do sistema agrícola brasileiro e esta pode ser traduzida para um modelo matemático.

O cultivo simulado de cana – ou a simulação do crescimento e desenvolvimento da cana-de-açúcar – exemplifica essa visão mais heurística, como explica Murilo dos Santos Vianna, pós-doutorando pela FEAGRI/UNICAMP  (Faculdade de Engenharia Agrícola da Universidade Estadual de Campinas) e Doutor em Engenharia de Sistemas Agrícolas pela ESALQ/USP (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz). “O cultivo simulado da cana representa a aplicação de modelos matemáticos ou estatísticos para simular o crescimento da cultura da cana-de-açúcar em uma dada condição de clima, solo, variedade ou tipo de manejo”.

Vianna ressalta ainda que, além da produtividade, modelos mais sofisticados (Modelos Baseados em Processos – MBP) são também capazes de simular outros componentes de um canavial, tais como: concentração de sacarose, fibra, perfilhamento, altura de plantas, níveis de estresse hídrico ou nutricional da cultura.

A cultura da cana-de-açúcar é considerada a principal fonte de açúcar e a segunda maior fonte de biocombustíveis em todo o mundo. Nesta cultura, o Brasil está muito bem representado, sendo o maior produtor mundial, com cerca de 641 milhões de toneladas processadas na safra 2017/2018.

Com o objetivo de atender a demanda, nos últimos anos, a cultura da cana precisou se expandir fortemente para a região centro-oeste do país, porém, esta região caracteriza-se por ter resposta quanto a produtividade e aos riscos bastante incertos, aumentando a possibilidade de quebra de safra.

Para entender melhor o comportamento da cana em diferentes regiões, um estudo vem sendo desenvolvido com o objetivo de desenvolver, calibrar e avaliar diferentes abordagens de modelagem (simulações) de culturas para os sistemas brasileiros de produção de cana-de-açúcar.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *