Agrishow faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Novas tecnologias vão aumentar produtividade do alho brasileiro

Novas tecnologias vão aumentar produtividade do alho brasileiro.png
Seu primeiros registros tem mais de 6 mil anos na Ásia Central, na região da Sibéria.

O alho é rico em vitaminas do complexo B, minerais poderosos - como selênio, manganês e ferro - e é o clássico tempero da culinária brasileira, além de ser usado de inúmeras formas para fins medicinais.

WhatsApp Image 2021-07-21 at 15.07.47.jpeg

Benefícios 
Melhora a imunidade;
Reduz pressão arterial;
Melhora níveis de colesterol;
Previne demência e Alzheimer;
Aumenta longevidade;
Melhora desempenho atlético;
Melhora saúde óssea;
Contribui com a saúde da pele;
Pode ajudar na queda de cabelos;

WhatsApp Image 2021-07-21 at 15.07.47 (1).jpeg

O alho chinês ainda é o mais vendido por aqui, em 2020 abocanhou 53% do mercado, mas a perspectiva é de que o alho nacional passe a substituir o importado, e em 2021 participe com 44% e 11% do mercado - produção do Cerrado e do Sul, respectivamente de acordo com Rafael Corsino, presidente da Associação Nacional dos Produtores de Alho (Anapa), que estima um crescimento ainda maior na área plantada em 2021. Um crescimento que ele atribui a um maior conhecimento e adoção de novas tecnologias por parte dos produtores, que as buscam em profissionais preparados como a paranaense, Liliana Biondo, que é consultora técnica apaixonada pela cultura.

WhatsApp Image 2021-07-21 at 15.07.48 (1).jpeg

“Minha família é toda de produtores agrícolas, mas quando conheci a cultura do alho me apaixonei. É muito linda do plantio até a colheita, quase 90% feita manualmente, é muito exigente e cuidadosa. Tudo para conseguir um produto realmente superior nas mesas, o nosso alho (brasileiro) é maravilhoso, tem mais sabor e nutrientes que o importado”, conta Liliana.

WhatsApp Image 2021-07-21 at 15.07.43 (1).jpeg

Para quem quiser apoiar o consumo do alho “made in Brasil” é fácil diferencia-lo na hora da compra, o chinês é bem branco (alguns com nuances roxas), já o brasileiro é roxo (alguns com nuances brancas), normalmente o chinês é mais leve e tem menos bulbo e um sabor mais fraco e adocicado. Enquanto que o bulbo brasileiro é mais grossinho, com um sabor mais forte, mais ácido, mais Brasil! Fica a dica!

WhatsApp Image 2021-07-21 at 15.07.43.jpeg

Apoio: 
Fontes: Embrapa, Anapa e eCycle

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar