Agrishow faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Untitled design (29).png

4 perguntas sobre o uso da energia solar no setor agro!

Como funciona a energia solar? Ela funciona a noite? É possível armazenar? Veja essas e outras perguntas que agricultores costumam fazer sobre a energia solar.

Nos próximos anos, a energia solar tende a se tornar uma grande aliada de agricultores, produtores e famílias rurais. Essa fonte de energia é totalmente limpa, sustentável e renovável.

Entretanto, a vantagem mais significativa da energia solar é o seu potencial de reduzir os gastos com a conta de luz em propriedades rurais que, em muitos casos, pode chegar a até 95% de economia.

No entanto, muitos agricultores ainda têm muitas dúvidas sobre alguns dos conceitos relacionados à energia solar. Veja então as 4 principais perguntas - com suas respectivas respostas - que você pode ter quando o assunto é a utilização de energia solar no agro.

#1. O que é energia solar?

Considerada uma fonte de energia renovável e sustentável, a energia solar é um tipo de energia proveniente da luz e do calor do sol que é aproveitada e utilizada por meio de diferentes tecnologias, caso do aquecimento solar, energia solar fotovoltaica, energia heliotérmica e arquitetura solar.

A energia solar fotovoltaica é a mais comum dessas formas de produzir energia pelo sol. Neste sistema são utilizados o que chamamos de painéis fotovoltaicos. Cássio Rios, sócio da AWR – Tecnologia Solar, explica basicamente como a energia solar é gerada:

A Energia Solar é gerada através da luz do sol, ou seja, a luz reflete sobre os painéis fotovoltaicos, isso gera movimento nas células, ocasionando a geração da energia elétrica comum”.

#2. Projetos de energia solar estão ligado à rede de distribuição?

Na atualidade, dezenas de opções de alta tecnologia estão disponíveis para o uso de sistemas fotovoltaicos na agricultura, todos com excelente eficiência. Mas uma dúvida bastante comum entre produtores rurais é: a energia solar que eu produzirei na minha fazenda deverá estar ligada à rede de distribuição?

A resposta é: não necessariamente.

Segundo o sócio da AWR existem três formas de investir em um projeto de energia solar em propriedades rurais:

  • On-grid: “Este é um sistema de geração de energia que funciona conectado com a rede elétrica, com o excedente produzido sendo encaminhado para a rede de distribuição”;
  • Off-Grid: Esse sistema de geração de energia solar destina-se aos locais onde não há acesso a rede elétrica. “Neste caso a energia é produzida e armazenada em baterias”, complementa Rios;
  • Hibrido: Este é um sistema de geração de energia com backup, ou seja, o sistema está conectado na rede elétrica, mas também apresenta baterias para momentos de falta de energia.

Rios explica também que o sistema On-Grid é o mais utilizado em propriedades rurais, com o sistema gerador de energia conectado à rede de distribuição.

#3. Com o sistema instalado, a distribuidora de energia irá me pagar pela geração excedente?

A partir do momento que temos um sistema fotovoltaico funcionando na fazenda, a energia excedente gerada pelo sistema irá retornar para a rede da distribuidora (sistema On-grid). Porém, é importante saber que a distribuidora de energia não lhe pagará em dinheiro, mas sim em um crédito de energia.

 “Esses créditos poderão ser utilizados em até 60 meses subsequentes a geração. Esses créditos podem também serem abatidos em outra Unidade Consumidora que seja da mesma titularidade da geradora e esteja na mesma concessionária de energia”, explica Rios.

Com esse crédito, será possível consumir a energia oferecida pela distribuidora no período da noite e só pagar a diferença quando houver.

Rios ainda explica que o equipamento fotovoltaico será propriedade do cliente e, a partir do momento que estiver produzindo sua energia, ele pagará apenas a taxa mínima à concessionária de energia se o sistema estiver suprindo 100% de sua necessidade.

Caso o sistema tenha sua produção de energia solar limitada por algum motivo (ex. falta de telhado), o cliente pagará à concessionária somente pelo valor do que foi consumido e não foi produzido pelo seu sistema solar fotovoltaico”, complementa.

#4. E no período da noite? É possível armazenar energia solar?

Os sistemas convencionais de energia solar naturalmente não geram energia durante a noite (ausência dos raios solares). Porém, Rios explica que todo o projeto de geração de energia solar deve ser dimensionado para que consiga gerar energia suficiente durante todo o dia para que esta possa ser consumida durante a noite.

O armazenamento dessa energia poderá ser feito em baterias ou na própria concessionária de energia, caso dos sistemas On-grid e Híbridos, que são conectados à rede elétrica”, complementa o sócio da AWR – Tecnologia Solar.

Por fim, é importante também frisar que a geração de energia solar também irá ocorre caso o céu possua nuvens e permaneça nublado o dia todo, afinal não é o calor do sol que é captado pelas placas fotovoltaicas e sim os raios solares. Porém, a produção de energia tende a ocorrer em uma escala menor.

Registre-se para fazer download desse recurso

Registrar-se como membro da Agrishow lhe dá acesso a conteúdo premium incluindo webinars, whitepapers e muito mais.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar