Agrishow faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Inovação permite rastreabilidade da cadeia produtiva agropecuária

Inovação permite rastreabilidade da cadeia produtiva agropecuária (2).png
Plataforma SeloVerde disponibiliza de maneira transparente as informações de rastreabilidade da cadeia produtiva da pecuária em todo o território paraense.

Solução foi desenvolvida pelo governo do Pará com a cooperação do Centro de Inteligência Territorial (CIT) da Universidade Federal de Minas Gerais. Dentro do Plano Estadual Amazônia Agora (PEEA) e pretende divulgar a situação ambiental das propriedades e sua produção. O estado é a primeira unidade federativa a implementar um sistema público com essas informações.

A ferramenta é apresentada como uma resposta concreta à crescente preocupação de investidores e compradores de commodities que poderiam estar associadas ao desmatamento. Além disso, proposta é apoiar produtores a regularizarem seus imóveis e monitorar a conformidade para o fornecimento de gado, como exigida pelos órgãos de controle. Apesar de somente 15% dos imóveis rurais na Amazônia apresentarem desmatamento após 2008, a maioria dos produtores têm dificuldade em comprovar.

E com os dados cartográficos disponíveis será possível avaliar a conformidade ambiental, implementando rastreabilidade transparente dos fornecedores diretos e indiretos de gado e produtores de soja, auxiliar a regularização fundiária e disponibilizar banco de dados geográficos integrando informações da Agência de Defesa e Agropecuária do Pará (Adepará), Instituto de Terras do Pará (Iterpa) e Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas).

De acordo com o titular da Semas, Mauro O’ de Almeida, a plataforma vai ajudar os legalizados e colaborar com o comando e controle do estado do Pará, oferecendo governança com transparência e responsabilidade ambiental usando dados que resultam positivamente para quem vende e para quem compra. Já o secretário adjunto de Gestão e Regularidade Ambiental da Semas, Rodolpho Zahluth Bastos, indica que com a iniciativa, é possível prever demandas de regularidade ambiental.

Para o presidente da Adepará, Jamir Macedo, a plataforma vai cruzar as informações do setor produtivo, com isso teremos informações de fácil acesso, além disso às instituições e redes frigoríficas poderão utilizar para ter a rastreabilidade de toda a cadeia produtiva, desde a produção do bezerro até a comercialização do animal. Opinião consonante com o professor da UFMG e coordenador do Laboratório de Gestão de Serviços Ambientais (LAGESA), Raoni Rajão, a quem a plataforma foi criada para premiar o produtor que faz certo, e permite ao que desmatou entender o tamanho do problema para se regularizar e voltar ao mercado. Para o desenvolvimento da plataforma foram aplicadas as tecnologias mais recentes de processamento paralelo, big data espacial com elementos de inteligência artificial.

Com informações da SECOM-PA

 

Registre-se para fazer download desse recurso

Registrar-se como membro da Agrishow lhe dá acesso a conteúdo premium incluindo webinars, whitepapers e muito mais.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar