Agrishow faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Saiba mais sobre irrigação por luz noturna seus benefícios

Saiba mais sobre irrigação por luz noturna seus benefícios.png
Entenda como funciona a irrigação por luz noturna, bastante comum para a produção de hortaliças em fazendas verticais.

*imagens reprodução: Pink Farms

Você já ouviu falar sobre fazendas verticais? Elas são caracterizadas como hortas urbanas onde há a produção de alimentos num ambiente protegido da luz solar, da chuva e do vento e sem a necessidade de uso do solo. Porém, para que funcionem, há o uso da chamada irrigação por luz noturna.

Para auxiliar no desenvolvimento e correto crescimento das plantas são utilizadas lâmpadas específicas de espectros luminosos que dão um tom rosa (e muito bonito) ao ambiente de cultivo. Parece um laboratório de ficção cientifica, mas é apenas agro ciência.

Para saber mais sobre a irrigação por luz noturna, conversamos com Geraldo Maia, fundador da Pink Farms, uma das maiores fazendas verticais da América Latina e que fica sediada na zona oeste da cidade de São Paulo.

Antes de discutir o conceito de irrigação por luz noturna vale citar o que são as fazendas verticais. Estas são caracterizadas por um tipo de produção agrícola indoor feita por andares, camadas ou módulos e que ocorre em ambiente totalmente controlado.

Com isso, há a possibilidade de controle total das variáveis ambientais que afetam o crescimento e a produção vegetal, dentre eles a iluminação, temperatura, umidade e concentrações de CO2 e O2.

O ambiente de produção é também totalmente higienizado e livre de qualquer ação de pragas e doenças, relativamente comuns em produções agrícolas que ocorrem em ambientes abertos ou semiabertos, caso dos cultivos realizados em estufas.

luz 1.png

O que é a irrigação por luz noturna em ambientes controlados?

Dentre todas as inovações que esse ambiente recebe, a irrigação por luz noturna, ou simplesmente iluminação artificial, é aquela que apresenta maiores avanços. “A iluminação artificial é uma combinação dos espectros luminosos que as plantas possuem mais eficiência na conversão da luz para energia durante seu processo de fotossíntese”, explica Geraldo Maia.

Segundo o fundador da Pink Farms, essas luzes de LED apresentam comprimentos de ondas específicos em colorações, que resultam em uma coloração rosa bastante intensa e bonita.

Revolução cor de rosa: característica principal das fazendas verticais

Desde que surgiram no planeta, as plantas têm confiado na luz do sol para se alimentar e crescer pelo processo natural de fotossíntese que exige água, sais minerais e luz para ocorrer. Mas como fazer isso por meio de ambientes controlados e que não recebem um raio de luz solar sequer?

Vários avanços tecnológicos vêm ocorrendo e tornaram isso possível, mas nenhuma tecnologia tem tanto destaque como as inovações na iluminação por lâmpadas de LED, indicando uma verdadeira revolução cor de rosa no cultivo de alimentos.

Em aplicações agrícolas, as lâmpadas de LED estão sendo usadas para mudar o jeito com que as plantas crescem, quando florescem, seu sabor e até mesmo seus níveis de vitaminas e antioxidantes. Essas luzes também podem aumentar o seu tempo de vida na prateleira.

Cabe à irrigação por luz noturna prover toda a energia luminosa da maneira mais eficiente para a planta, de modo que ela possa realizar os seus processos biológicos e crescer saudável e com muito sabor”, cita Geraldo Maia.

Maia ressalta também que essa irrigação por luz noturna pode, em partes, ser também utilizada em grandes culturas num futuro próximo. “Já presenciei casos em que se utiliza parte dessa tecnologia para processos de grandes culturas, como formação de muda ou melhorias de produtividade”, indica.

A grande vantagem da tecnologia citada pelo fundador da Pink Farms é sempre tentar atingir as variáveis de cultivo (como se fosse uma receita de bolo) ideais para ter sempre o melhor resultado em produtividade e qualidade, que incluem sabor, textura, vigor, etc.

Hortaliças que fazem uso da iluminação artificial são mais caras?

Por toda a questão tecnológica envolvida, você pode estar imaginando que as hortaliças assim produzidas devem ser bastante caras.

Na realidade essa afirmação não é verdadeira, como explica Maia. “Hoje a faixa de preço desse tipo de produção está na mesma proporção de um produto orgânico e um convencional”.

A modo de comparação, um pacote de alface higienizado de 150 gramas de uma produção convencional está na faixa de R$6,50 nos supermercados. O mesmo produto, feito na forma orgânica, é vendido por cerca de R$10. Já a variação da fazenda vertical está na faixa de R$8,50.

Por fim, para chegar a um preço ainda mais competitivo de mercado, a inovação tecnológica para reduzir os custos de produção deve continuar e seguir a eficiência obtida no uso da irrigação por luz noturna.

Já pensou em adotar o sistema de agroflorestas na sua fazenda? 
Confira todos os passos no material grátis e exclusivo que produzimos para você clicando abaixo em "Baixar"!

Registre-se para fazer download desse recurso

Registrar-se como membro da Agrishow lhe dá acesso a conteúdo premium incluindo webinars, whitepapers e muito mais.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar