Agrishow faz parte da divisão divisionName da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

6 mitos e verdades sobre o eucalipto no sistema iLPF

Estratégia de produção agropecuária sustentável que permite produzir grãos, carne, leite e madeira em uma mesma área da propriedade rural, o sistema iLPF (Integração Lavoura-Pecurária-Floresta) ainda gera dúvidas na cabeça de muitos agricultores. Um dos pontos de maior discussão é a implantação de eucalipto, espécie que carrega o estigma de criar um verdadeiro deserto verde após sua adoção.

Para zerar algumas questões, a seguir, especialistas desvendam mitos e verdades sobre uma das árvores mais comuns nesse tipo de sistema de produção integrado.

"Demanda do eucalipto por água é maior nos primeiros quatro anos, devido ao crescimento rápido, mas ao longo do ciclo o equilíbrio entre água infiltrada e a água consumida é restabelecido"

1 - Eucalipto seca o solo.

Mito. O eucalipto apresenta grande eficiência no consumo da água quando comparado com outras culturas agrícolas. A desconfiança na planta se dá pelo fato de nos seus primeiros quatro anos haver maior consumo hídrico, devido ao crescimento rápido - pode ultrapassar cinco metros de altura por ano - e à alta produtividade. “Nessa fase em que a demanda é maior pode ocorrer um balanço negativo entre a água infiltrada e a água consumida pela planta, mas ao longo do ciclo o equilíbrio é restabelecido”, afirma Karina Pulrolnik, pesquisadora da Embrapa Cerrados.

2 - É preciso ter cuidado especial com o solo antes da implantação.

Verdade. Deve-se levar em conta a conservação do solo e, dependendo da declividade do terreno, plantar em curvas de nível para impedir a erosão da terra e a perda de água por escoamento superficial. É necessário também realizar o controle das plantas invasoras que competem com o eucalipto e das formigas que são suas principais inimigas.

3 - Existe um solo mais favorável para a cultura.

Verdade. O ideal é um solo profundo, fértil e bem drenado. A boa notícia é que já existem diversas espécies e clones adequados às várias condições ambientais pouco favoráveis a sua adoção.

4 - Não há regra para a escolha do eucalipto.

Mito. A opção por determinada espécie depende do clima da região onde será plantada. “Há aquelas mais adaptadas a regiões de geadas como o Eucalyptus benthami e espécies mais adaptadas a longos períodos de estiagem como o Eucalyptus urophylla”, recomenda Karina.

5 - A limitação do tamanho da área de plantação de eucalipto é determinante para o sucesso da iLPF.

Mito. “Normalmente é recomendado o plantio em faixas que podem ser implantadas em quaisquer quantidades, sejam em grandes propriedades ou pequenas”, esclarece Alex Carneiro Leal, pesquisador da área técnica de fitotecnia do IAPAR (Instituto Agronômico do Paraná). As recomendações variam desde o número de filas - simples, duplas, triplas ou mais - até as distâncias entre elas, que vai desde poucos metros a mais de 100 metros.

6 - A espécie contribui para o controle de doenças e plantas daninhas.

Verdade. Teoricamente, nos sistemas iLPF a interferência das árvores pode se dar em função do sombreamento e da redução da velocidade dos ventos. Assim, de acordo com o pesquisador do IAPAR, o sombreamento pode modificar as espécies de plantas invasoras, favorecendo as de folha larga em detrimento das de folha estreita, por exemplo. “Já a redução dos ventos pode influir na dispersão de alguns insetos e as árvores podem ser hospedeiras de alguma praga, mas o que se espera é que sirvam para hospedar inimigos naturais e contribuir para um melhor controle biológico.”

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar