Gestão

Proteja sua produção de citros de greening usando bioinseticida

Proteja sua produção de citros de greening usando bioinseticida

O greening ou huanglongbing (HLB) é uma doença causada pelas bactérias Candidatus Liberibacter spp, Candidatus Liberibacter asiaticus e Candidatus Liberibacter americanus que afeta todos os citros (laranja, limão e tangerina). O vetor das bactérias causadoras do greening ou doença é o psilídeo Diaphorina citri, que ao sugar a seiva de uma planta doente para se alimentar, serve como transmissor da bactéria causadora da doença, propagando o greening nas lavouras. E uma vez contaminadas, as plantas não podem ser curadas.

O produto biológico é à base do fungo entomopatogênico Isaria fumosorosea. “O primeiro no Brasil e um dos poucos existentes no mundo”, segundo o professor da ESALQ-USP (Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo), Ítalo Delalibera – além da ESALQ-USP, também participaram do desenvolvimento do produto a Koppert e o Fundecitrus (Fundo de Defesa da Citricultura).

Como funciona: o fungo atua em contato direto com seu alvo. Depois da pulverização, conídios do fungo entompatogênico Isaria fumosorosea, são depositados sobre o alvo, aderindo ao tegumento do inseto e iniciam seu processo de germinação produzindo um complexo de enzimas que atuam na degradação do tegumento do inseto, permitindo com que o fungo penetre em seu hospedeiro.

No interior do inseto o fungo continua seu processo de desenvolvimento onde também libera enzimas e metabólitos que levam o inseto a morte. Em seguida, o fungo começa processo de extrusão, colonizando desta vez a parte externa do inseto, onde comumente o inseto fica recoberto com uma fina e pulverulenta camada de conídios de tom rosáceo, confirmando assim a morte o inseto pelo fungo Isaria fumosorosea. Tanto ninfas quanto adultos são suscetíveis a ação do fungo. O produto também pode ser associado a Tamarixia radiata, parasitoide inimigo natural do psilídeo Diaphorina citri.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *