Gestão

Planeja ter um silo em sua fazenda? Saiba como se organizar

Sabe-se que o aumento da armazenagem – representado principalmente pela adoção dos silos de armazenagem – é um dos itens logísticos que mais precisam avançar no país. Assim, o produtor que tiver a capacidade de armazenar sua própria produção terá a garantia em manter a “qualidade original” do grão colhido, tendo também a possibilidade de esperar o melhor momento (quanto ao preço) para vender.

Porém, diversos pequenos produtores, cuja produção não é tão elevada ainda, têm dúvidas se devem ou não investir em silos de armazenagem. Para eles, prevalece a pergunta: vale a pena ter um silo de armazenagem? Para a docente dos cursos de Agronomia e Zootecnia da Unoeste de Presidente Prudente, Fabiana Lima Abrantes, ao ter uma estrutura dessa na propriedade, o agricultor poderá escolher o melhor momento para comercializar seu produto, fazendo a venda quando encontrar as melhores condições de preços.

Planejamento é fundamental para iniciar o armazenamento em silos

Praticamente toda fazenda, independente do seu tamanho, que trabalha com o plantio e comercialização de grãos pode ter a sua disposição silos de armazenagem. No entanto, para ser eficiente neste processo, o planejamento é fundamental.

Neste planejamento, a disponibilidade de capital deve ser a primeira preocupação do produtor. Porém, Fabiana lembra que o produtor não deve se preocupar somente com o investimento no silo em si, mas sim, com toda a unidade de armazenamento.

A disponibilidade de capital para investir na construção de toda a unidade de armazenamento (e não só o silo) é imprescindível. Visto que, antes de armazenar é preciso beneficiar, ou seja, eliminar as impurezas presentes junto aos grãos, secar até atingir a umidade adequada, para em seguida, fazer o armazenamento”.

Também é importante, durante a elaboração do primeiro projeto de instalação dos silos de armazenagem, considerar o crescimento da produção com a abertura de novas áreas de plantio, revertendo numa necessidade futura de mais armazenamento.

Assim, com um bom planejamento, quando for ampliar sua unidade, o produtor terá maior facilidade de adequação para a instalação dos novos equipamentos, com menor investimento. Ou seja, sempre é preciso ter visão de crescimento.

Como escolher a unidade armazenadora ideal?

A escolha da unidade armazenadora também é parte importante para o planejamento. Neste contexto, Fabiana ressalta que as estruturas têm que ser condizentes com a quantidade de produto produzido na fazenda.

Para definir o tamanho da estrutura precisamos levar em consideração a área plantada e sua respectiva estimativa de produção”, ressalta.

Na concepção da especialista, o tipo de grão também é importante. Tanto o tamanho quanto o formato do grão influenciam no volume (espaço) ocupado dentro dos silos de armazenagem.

Independente da capacidade do silo, o investimento deve englobar todo o módulo de armazenagem, que é composto por três itens fundamentais para a conservação dos grãos, mantendo os ganhos quantitativos e qualitativos. São eles:

  • Monitoramento da massa de grãos (termometria);
  • Capacidade de aeração (ventilação); e
  • Sistema de Exaustão.

Tamanho e local de instalação das estruturas

Tanto o tamanho, quanto o local da instalação dos silos são fundamentais para o sucesso do armazenamento dos grãos na própria fazenda.

Quanto ao tamanho, Fabiana explica que ele deve ser calculado com base na quantidade de sacos produzidos e no peso hectolitro (kg/100 litros) obtido a partir do volume de grãos em um hectolitro e o peso expresso em quilogramas.

Fazer esse cálculo é importante, pois o volume (m3) ocupado por 1 tonelada de soja é diferente do volume ocupado por 1 tonelada de milho”, ressalta. O peso hectolitro é influenciado pela forma e massa dos grãos.

Para definir o tamanho do silo, além da quantidade produzida, o produtor deve considerar também o tempo que pretende armazenar e a quantidade de safras por ano.

Tais preocupações também serão importantes para definir a quantidade de silos necessária para atender a demanda da propriedade”, lembra Fabiana.

Já para o melhor lugar para a instalação dos silos de armazenagem, a docente ressalta que o produtor deve levar em consideração principalmente a topografia do terreno. “Este deve ser plano e de fácil acesso tanto para o recebimento do produto vindo da lavoura quanto para o escoamento da produção”.

O local também deve permitir área para uma ampliação futura, caso seja necessário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *