• Agrishow Digital is part of the Informa Markets Division of Informa PLC

    This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Colunistas

Importância do monitoramento da mancha de ramulária na cultura do algodoeiro

Luiz Gonzaga Chitarra e Alderi Emídio de Araújo – pesquisadores da Embrapa Algodão
Imagem: Nelson Suassuna

O algodoeiro é atacado por diversos patógenos que podem causar perdas econômicas expressivas a cultura caso não sejam controlados em tempo hábil. Os monitores de campo são fundamentais nas avaliações da incidência e severidade das doenças que incidem sobre a cultura, principalmente a mancha de ramulária, causada pelo fungo Ramularia areola, atualmente a principal doença da cultura. Portanto, é importante que:

► Os monitores sejam rigorosamente treinados para identificar e quantificar adequadamente as doenças e pragas do algodoeiro;

► Os monitores conheçam a área a ser cultivada:

♦ Histórico da área

  • Tipos de solo;
  • Culturas cultivadas anteriormente;
  • Sistema de plantio utilizado;
  • Ocorrência e incidência de doenças e pragas.

♦ Variedade de algodoeiro a ser cultivada.

Monitor de campo capacitado é fundamental para que a tomada de decisão da utilização de fungicidas seja adequada para o controle de patógenos e que não cause perdas econômicas ao produtor.

 

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Avatar
A Embrapa Algodão é uma das 42 Unidades da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Com sede em Campina Grande, na Paraíba, atua em todo o país, na geração de tecnologias, produtos e serviços para as culturas do algodão, mamona, amendoim, gergelim e sisal. Desenvolve pesquisas e inovações nas áreas de melhoramento genético, controle biológico, biotecnologia, mecanização agrícola, qualidade de fibras de algodão, sanidade vegetal, entre outras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *