Tendências

Futuro da alimentação desafia agronegócio. Como ser parte da solução?

De acordo com análise do INED (Instituto Francês de Estudos Demográficos), em 2050, seremos 10 bilhões de pessoas no mundo; contra 7,3 bilhões em 2015. As estimativas aumentam a responsabilidade e os desafios daqueles que trabalham diariamente par a suprir a demanda da humanidade por alimentos, como os agrônomos e outros cientistas que atuam na área, técnicos e, principalmente, os produtores rurais. E os fertilizantes têm se mostrado a principal ferramenta sustentável para fazer frente à demanda crescente de alimentos

Com o crescimento demográfico global, o uso sustentável dos adubos é essencial para recompor os minerais do solo e garantir o alimento saudável na mesa dos cidadãos. Segundo diretor do Centro de Solos do Instituto Agronômico de Campinas e coordenador da iniciativa Nutrientes Para a Vida, Heitor Cantarella, solos agrícolas têm capacidade limitada de fornecer nutrientes e perdem sua fertilidade, ou mesmo se esgotam, com as sucessivas colheitas.

“Desenvolvimento da genética e o aprimoramento das plantas resultam em culturas mais produtivas e com características desejáveis para o consumidor. Esse potencial dos novos cultivares exige a fertilização adequada para se expressar. O benefício dos fertilizantes se manifesta duplamente”, reforça Cantarella.

Ainda na opinião do coordenador da Nutrientes Para a Vida, é preciso estimular os grandes e pequenos produtores a empregarem corretamente os fertilizantes nas suas lavouras. Pequenos produtores podem, inclusive, beneficiar-se mais dessa prática já que, com pouca área disponível, precisam garantir a produtividade para manter a sustentabilidade econômica de seu empreendimento.

Produção de milho

Uma das soluções que melhorado do cereal é um fertilizante a partir de algas marinhas do tipo Lithothamnium. Além de possuir elementos orgânicos, como aminoácidos, a porosidade da parede celular da alga auxilia na liberação dos nutrientes para o solo, elevando a qualidade do grão.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *