Empresas do agro investirão mais em marketing durante 2022

Empresas do agro investirão mais em marketing durante 2022 .png
Constituído em etapas, o marketing no agronegócio é um grande aliado da geração de novos negócios, da abertura de mercados

O agronegócio passa por uma profunda transformação, em estratégias e utilização de conceitos. As mudanças são potencializadas em várias frentes, com particularidades distintas. Um dos principais pilares deste sólido e vibrante momento é o marketing.

Constituído em etapas (visibilidade, credibilidade, interesse e desejo), o marketing no agronegócio é um grande aliado da geração de novos negócios, da abertura de mercados e da constante exposição estratégica. 

Cientes desse cenário, as empresas de agro irão investir ainda mais em marketing durante 2022. Pesquisa realizada na minha página no LinkedIn aponta para este contexto. Dos profissionais participantes, 55% deles responderam "sim" para a pergunta "A empresa em que você trabalha irá intensificar os investimentos em marketing em 2022?".

Já 22% optaram pelo "Não" e 23% responderam "Não Sei" na enquete, que teve 153 votos e contou com a participação de profissionais de todas as regiões brasileiras, abrangendo boa parte da complexidade do nosso agronegócio.

Essa maior adesão das empresas ao marketing tem algumas explicações. A primeira está centrada na necessidade constante de viralizar conteúdos e impulsionar vendas consultivas. O segundo motivo está calcado nas transformações do campo, seja pelo perfil das novas gerações, seja pelo constante aprendizado digital dos patriarcas.

Um terceiro e também relevante contexto se aplica à manutenção das etapas do próprio marketing, que sem o fomento necessário por si só serão paralisadas, engessando parte substancial das ações de vendas.

Sendo assim, incrementar o marketing em 2022 será fundamental. Bom para as empresas, ainda melhor para o nosso agro!

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar