Agrishow faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Networking, fortalecimento da marca e mais razões para fazer marketing digital

Networking, fortalecimento da marca e mais razões para fazer marketing digital

Marketing Digital é um conjunto de informações e ações que podem ser feitas em diversos meios digitais com o objetivo de promover empresas e produtos. Mas como desenvolver e colocar em prática uma estratégia de marketing digital para o agronegócio? Foi essa pergunta que a Rede Globo e sua afiliada em Ribeirão Preto (SP), EPTV, responderam com o debate “Como acelerar o seu negócio com o marketing digital” durante as palestras da sobre Inovação e tendências do agronegócio.

De acordo com a mestre em gestão Internacional pela ESPM, Mariana Cais, que apresentou a palestra ao lado de Juliana Chini, diretora de projetos da MarkEsalq; e Pedro Dusso, fundador da AEGRO; atualmente o marketing digital é mais acessível do que o marketing convencional. Confira as sugestões dos palestrantes:

  1. Divulgue em canais digitais o que você sabe e não o que você vende. Assim, via conhecimento, você atrai seus clientes;
  2. Escreva sobre o que o seu leitor tem dúvidas;
  3. Desenvolva materiais qualificados com a ajuda de especialistas;
  4. Utilize esses materiais para educar o público sobre o mercado;
  5. Cuidado para não cair na armadilha de que marketing digital só funciona com mídias sociais como Facebook e Instagram. Elas são ferramentas de um projeto. Há casos de mídias que são mais populares entre um determinado público do que em outro;
  6. Use essas mídias para disseminar o que você publica em seu canal de conteúdo e criar redes de relacionamento;
  7. Se possível junte o marketing digital com o marketing off-line, divulgando informações em canais de conteúdo e participando de eventos e encontros;
  8. Nunca subestime seu público. No caso do agronegócio, Dusso comenta que muitos produtores se mostram incomodados quando questionados se conseguiriam utilizar um aplicativo para smartphones. “Eles sempre dizem que ajudaram a importar máquinas, organizar municípios e a desenvolver o agronegócio. Usar um app não é problema para eles.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar