Colunistas

Agricultura e Meio Ambiente em um único ministério não é uma boa ideia

Prof. Dr. José Luiz Tejon*

Com Bolsonaro eleito, vem a emoção da transição dos próximos ministros e a ansiedade de saber se será cumprida a sua proposta de fundir e diminuir alguns ministérios. O Ministro da Fazenda, Paulo Guedes, já descarregou: “Salvaremos o nosso Ministério da Indústria apesar do industrial brasileiro“ e desceu o relho, e propôs unir o Ministério da Fazenda com o da Indústria e Planejamento. Logo o setor industrial entrou em pânico, ou melhor, as entidades como CNI e outras. No setor do agro fica a pergunta: “Quem será o ministro? Será bom ou ruim a união do Ministério do Meio Ambiente com o da Agricultura? Opiniões se dividem.

Uns acham ótimo, pois assim poderia haver um entendimento e uma sincronia de assuntos comuns. Outros consideram desastroso, pois o meio ambiente é muito maior do que somente a agricultura. Se uníssemos o Meio Ambiente a Agricultura, abriríamos um flanco imenso para nossos competidores internacionais, para as ONGs e com consequências graves nas nossas relações com as 500 maiores corporações do agro que movimentam cerca de 70% do agribusiness mundial. Juntar o Ministério da Agricultura com Meio Ambiente, na minha opinião, vai dar errado. Por que não um Ministério do Agronegócio? Se houver a junção do Ministério da Fazenda com Indústria, Comércio e Serviços, Paulo Guedes ficará com cerca de 70% do agronegócio.

Comércio, serviços, agroindústria, indústria química, máquinas, transportes, finanças, tecelagem, seguro, educação, informática, satélites, celulares, veículos serão 70% do agro e os 30% da produção agropecuária do MAPA. É hora do Ministério do Agronegócio, ou então, convoquemos o Ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços ao lado do MAPA para assumir projetos e responsabilidades perante o principal setor econômico e social do Brasil.

*Jornalista, publicitário, mestre em arte e cultura com especializações em Harvard, MIT e Insead e doutor em Educação pela Universidad de La Empresa/Uruguai. Colunista da Rede Jovem Pan, autor e coautor de 33 livros. Coordenador acadêmico de Master Science em Food & Agribusiness Management pela AUDENCIA em Nantes/França e professor na FGV In Company. Considerado uma das 100 personalidades do agronegócio pela Revista Isto é Dinheiro. Homenageado pela Massey Ferguson como destaque no agrojornalismo brasileiro 2017. Conferencista com Prêmio Olmix – Best Keynote Speaker/Paris e Top Of Mind Estadão RH. Presidente da TCA International e Diretor da agência Biomarketing.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *